Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Coronavírus: últimas notícias e boas práticas

Coronavírus: últimas notícias e boas práticas

Fique a par das últimas notícias sobre o Coronavírus e desenvolvimentos em todo o mundo

Coronavirus
Angelina Bambina/Shutterstock
Publicidade

Se tem acompanhado as notícias, provavelmente já se questionou sobre o impacto do coronavírus no seu dia-a-dia.

Até agora, o vírus já se espalhou pelos seis continentes e parece inevitável que a ameaça aumente ao longo das próximas semanas.

Como tal, reunimos algumas perguntas frequentes para lhe oferecer ajuda e algumas dicas. Neste momento, não precisará de se pôr em quarentena, salvo indicação da Direcção-Geral da Saúde, nem entrar em pânico. Basta seguir as boas práticas e os conselhos oficiais, conforme o que está detalhado abaixo.

Acha que poderá estar infectado? Preocupado com seu animal de estimação? Não sabe se deve cancelar as suas férias? Fique a par com o nosso guia.

O que é o coronavírus?
O Coronavírus (COVID-19) é uma doença respiratória que começou em animais e agora está a ser transmitida entre humanos. Os sintomas incluem tosse, febre, falta de ar e dificuldades respiratórias. Identificado pela primeira vez em Wuhan, China, o vírus (desde 12 de Março) já afectou mais de 126 mil pessoas em 125 países. Cerca de 4600 morreram, enquanto pouco mais de metade já está recuperada. A 11 de Março, a Organização Mundial da Saúde classificou o surto como uma pandemia.

Quão grave é o coronavírus?
Ao contrário da gripe, ainda não existe vacina, e a recuperação depende da força do sistema imunológico. Em casos graves, o vírus pode causar pneumonia e/ou falência de órgãos.

Comparado ao SARS (outro coronavírus que esteve nas manchetes em 2003), a taxa de mortalidade do COVID-19 é inferior (a última estimativa da OMS é de cerca de 3,4%, embora este valor só possa devidamente calculado no final do surto). Ainda assim, é significativamente mais alta do que a gripe sazonal comum, fatal em cerca de 0,1% dos casos. Até agora, o COVID-19 também parece ser mais contagioso do que a gripe sazonal.

Os idosos e aqueles com doenças crónicas, como diabetes, cancro e doença pulmonar crónica são mais propensos a desenvolver uma doença grave relacionada ao COVID-19. A taxa de mortalidade é dez vezes maior entre os idosos, em comparação com a meia-idade, segundo a OMS. As crianças são menos propensas a serem afectadas.

Que países foram mais atingidos pelo coronavírus?
Apesar da maioria dos casos (cerca de 65%) ter ocorrido na China, aconteceram também surtos graves em Itália, na Coreia do Sul e no Irão. Itália registou mais de 12.000 casos, o Irão pouco mais de 9000 e a Coreia do Sul cerca de 8000, até ao momento.

A 12 de Março, existiam 459 casos confirmados no Reino Unido, 1321 nos EUA e 128 na Austrália. Em Portugal, há 78 casos confirmados. Poderá acompanhar a propagação da doença neste mapa criado pela Johns Hopkins University. A OMS desaconselha viagens para áreas com transmissão contínua do COVID-19.

Geralmente, aconselha-se a que fique num ambiente fechado e evitar o contacto com outras pessoas se tiver viajado de qualquer um dos seguintes locais na última quinzena:

- Província de Hubei na China
- Irão
- Itália
- Coreia do Sul

Aqueles que viajaram para as seguintes áreas também se deverão auto-isolar caso desenvolvam sintomas:

- Camboja
- China
- Hong Kong
- Japão
- Laos
- Macau
- Malásia
- Myanmar
- Singapura
- Taiwan
- Tailândia
- Vietname

Como é que o coronavírus vai afectar a minha vida?
Primeiro: não entre em pânico.

Fique atento às medidas oficiais anunciadas pelo governo e pela Direcção-Geral da Saúde sobre as melhores práticas e cuidados a ter durante este período. Poderá consultar essa informação aqui.

Considere, ainda, que com a evolução da situação, a agenda da cidade sofrerá alterações e eventos poderão ser adiados ou cancelados, e espaços poderão estar fechados, como medida de prevenção. Como tal, reunimos aqui todos os eventos cancelados e espaços fechados em Lisboa e no Porto para que possa consultar regularmente.

Nota: enquanto faremos o possível para manter esta informação actualizada, a situação está a escalar, o que poderá dificultar ter a melhor informação possível. Agradecemos desde já a compreensão e recomendamos que consulte sempre as fontes oficiais dos eventos e espaços antes de sair de casa.

Coronavírus no mundo

Publicidade