A Gaivota

Filmes, Drama
3 /5 estrelas
A Gaivota

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Até Michael Mayer, mais conhecido como encenador teatral do que como realizador, se ter lembrado de adaptar ao cinema esta peça de Anton Tchekov, havia duas outras versões de A Gaivota, uma de 1972, de um realizador russo chamado Youli Karassik, e outra de Sidney Lumet, realizada em 1968 e com um elenco de meter respeito: Vanessa Redgrave, James Mason, David Warner, Simone Signoret e Denholm Elliott, entre outros.

Mayer optou aqui por uma abordagem à peça de Tchekov em que a aplicação posta na descrição da atmosfera pastoral e dos ambientes, por um lado; e uma preocupação com que
o filme não tenha a rigidez
e a falta de personalidade cinematográfica do teatro filmado, pelo outro, acabam por esbater a veemência dramática de A Gaivota.

Neste Tchekov aligeirado 
e “podado” aqui e ali para que
 o filme não tenha muito mais do que a hora e meia que já foi canónica no cinema americano, agarramo-nos então aos intérpretes. Sobretudo, do lado dos jovens, a Saiorse Ronan 
na seráfica Nina e Billy Howle
 no inquieto Konstantin, e do
 lado dos mais velhos, a Annette Bening, dominadora em Irina, a actriz famosa, adiantada na idade e em perda de poder de sedução,
 e a Elisabeth Moss numa Masha de luto pela sua vida frustrada, numa peça em que todos, na 
vida ou na arte, estão na rota do desencanto.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
12A
Data de estreia
sexta-feira 7 setembro 2018
Duração
98 minutos

Elenco e equipa

Realização
Michael Mayer
Argumento
Stephen Karam
Elenco
Saoirse Ronan
Billy Howle
Annette Bening
Elisabeth Moss