A Minha Vida com John F. Donovan

Filmes, Drama
1 /5 estrelas
A Minha Vida com John F. Donovan

A Time Out diz

1 /5 estrelas

Quando tinha oito anos, Xavier Dolan escreveu uma carta ao seu ídolo, Leonardo Di Caprio. Que nunca lhe respondeu. Foi neste facto que o actor e realizador canadiano se inspirou para fazer A Minha Vida com John F. Donovan. O protagonista, Rupert (Jacob Tremblay), um miúdo de 11 anos que vive em Londres com a mãe (Natalie Portman), mantém uma correspondência secreta com o seu ídolo, o John F. Donovan do título (Kit Harington), uma jovem estrela em ascensão, que esconde que é gay para não ser prejudicado no meio em que trabalha.

O filme contempla uma série de temas queridos a Dolan, e com ressonâncias autobiográficas, das relações difíceis dos filhos com as mães até às formas de viver com a homossexualidade. Mas seja pela maneira confusa e desastrada como Dolan lida com a história, seja pela dificuldade que tem em fazer-nos acreditar nela e sobretudo em convencer-nos da credibilidade daquelas personagens, do precoce Rupert ao vácuo e caricatural Donovan, A Minha Vida com John F. Donovan redunda numa estopada cerrada que não vai a lado nenhum e nos deixa totalmente indiferentes.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Duração
127 minutos

Elenco e equipa