Carros 3

Filmes, Animação
3 /5 estrelas
Carros 3

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Se em Carros 2 Faísca McQueen é atirado para dentro de uma intriga de espionagem internacional, em Carros 3 vê-se atirado para fora das pistas por Jackson Storm, um arrogante e vistoso rookie da nova geração de corredores high tech, e relegado para a condição de campeão veterano à beira da reforma.
 Mas McQueen sente-se ferido 
no seu orgulho e quer continuar a correr e a vencer. Por isso, o novo proprietário da sua equipa arranja-lhe uma treinadora motivacional, Cruz Rodriguez, 
e submete-o a uma actualização tecnológica. Mas será que isso chega para ele recuperar a confiança e voltar às vitórias?

Depois de uma Parte 2 passada fora do habitat da série, a Pixar fez voltar a casa, e às corridas, toda a equipa de Carros, e o novo filme segue, até certa altura, a trajectória convencional das histórias “inspiradoras” sobre regressos em força de heróis que pareciam ter passado da data de validade, para introduzir de repente uma agradável surpresa. Esta fuga à previsibilidade, aliada ao talento único do estúdio para dar vida a objectos, humanizá-los e aproximá-los
de nós emocionalmente, sejam brinquedos, sejam automóveis, e à assombrosa qualidade da animação, fazem de Carros 3 um filme melhor do que poderíamos esperar de uma terceira parte de um colossal sucesso da Pixar, sobretudo após um segundo filme decepcionante.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
U
Data de estreia
sexta-feira 7 julho 2017
Duração
102 minutos

Elenco e equipa

Realização
Brian Fee
Argumento
Kiel Murray, Bob Peterson, Mike Rich