Em Guerra

Filmes, Drama
3 /5 estrelas
Em Guerra

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Depois de em A Lei do Mercado ter mostrado o drama de um quadro de empresa que é despedido e tem que aceitar um emprego muito abaixo das suas qualificações, Stéphane Brizé alarga os horizontes e, mantendo-se no cinema de registo social, filma, em Em Guerra, uma empresa francesa fictícia que, apesar de dar lucro, vai ser encerrada pela casa-mãe na Alemanha e deslocalizada para o Leste.

Os trabalhadores, liderados por um sindicalista daqueles antes-quebrar-que-torcer (interpretado de novo pelo monocórdico Vincent Lindon), decidem opor-se
ao encerramento e entram em greve. Tal como em A Lei do Mercado, e agora a uma escala muito maior e com mais ressonância na actualidade, Brizé procura chegar ao máximo de realismo dentro da ficção, tentando também não escolher lados nem diabolizar ou angelizar ninguém – trabalhadores, administração ou sindicalistas – embora se perceba para onde pende o coração do realizador.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Duração
113 minutos

Elenco e equipa

Realização
Stéphane Brizé
Argumento
Stéphane Brizé
Elenco
Vincent Lindon
Também poderá gostar