Faithfull

Filmes, Documentários
3 /5 estrelas
Faithfull

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Quando, em 1979, “The Ballad of Lucy Jordan” começou a ser ouvida e um filme a pôs no caminho do êxito, Marianne Faithfull era, para muitos, uma desconhecida, e, para os outros, com mais idade e memória, uma curiosidade da cultura pop dos anos de 60, mais conhecida como amante (em sentido musical, mas principalmente carnal) dos Rolling Stones e de um rancho de outros músicos populares na época. Ninguém, quer dizer, poucos se lembraram dela também como a autora de um álbum terno e fundamental, As Tears Go By, gravado em 1965 com o apoio de vários companheiros de luxúria.

Broken English foi, como se costuma dizer, o álbum de regresso de uma grande cantora que sobreviveu a tudo na arte e na vida. E quando todos a pensavam arrumada, esquecida, se não mesmo morta, a antiga musa da década de 1960 renasceu, tal qual como a Fénix. É este percurso acidentado que a actriz e realizadora francesa Sandrine Bonnaire regista com sensibilidade, através de documentos, imagens de arquivo e múltiplos testemunhos (incluindo o de Mick Jagger), neste retrato sobre o declínio e o renascimento, onde é a intimidade da mulher por detrás da artista que sobressai.

Por Rui Monteiro

Por Rui Monteiro

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Duração
62 minutos

Elenco e equipa