Godard, o Temível

Filmes, Drama
3 /5 estrelas
Godard, o Temível

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Atenção, vaca sagrada para abate! Baseando-se
 em Un An Après, um dos dois livros escritos pela actriz Anne Wiazemsky (que morreu o ano passado) sobre Jean-Luc Godard depois de se ter divorciado dele, em 1979, Michael Hazanavicius (O Artista) filma aqui uma sátira gostosa, se bem que não inteiramente conseguida, à figura tutelar de toda uma cinefilia, e que decerto não terá agradado nada aos zelotas mais ardentes do autor de O Acossado.

Impecávelmente composto enquanto ainda jovem realizador, e até ao seu ligeiro ciciar, por Louis Garrel, Godard, o Temível apanha o realizador na sua 
fase de delírio maoísta, algures entre A Chinesa e o Maio de 68, representando-o como uma figura de burlesco revolucionário, que por uma razão ou outra é repudiado por todas as forças
e instituições esquerdistas
com as quais se quer associar,
do governo comunista chinês
aos estudantes anarquistas em revolta. Hazanavicius realça também o lado odioso, misógino e egocêntrico de Godard, a sua superficialidade intelectual e
as contradições entre discurso
 e gesto. Dispensava-se era o pastiche insistente da gramática visual godardiana.

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
15
Data de estreia
sexta-feira 11 maio 2018
Duração
108 minutos

Elenco e equipa

Realização
Michel Hazanavicius
Argumento
Michel Hazanavicius
Elenco
Louis Garrel
Bérénice Bejo
Stacy Martin