Linha Fantasma

Filmes, Drama
Escolha dos críticos
5 /5 estrelas
Linha Fantasma

A Time Out diz

5 /5 estrelas

Aviso à navegação: apesar de o protagonista de Linha Fantasma ser um costureiro
 da alta sociedade, Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis), de a história se passar numa casa de moda e dos figurinos serem sumptuosos, o novo filme de Paul Thomas Anderson não é sobre moda, longe disso.

Tal como já acontecia em fitas anteriores do realizador, caso da primeira, Hard Eight, e da mais recente O Mentor, Linha Fantasma envolve uma pessoa que admite na intimidade da sua existência e da sua actividade alguém que as vai perturbar profundamente. Aqui, ela é Alma (Vicky Krieps), uma criada de mesa promovida a empregada, musa e amante do costureiro. Mas Alma não quer ser mais uma de muitas, que Reynolds usa até se fatigar e depois manda embora. Alma ama-o e vai lutar por ele, disputando-o, bem como à supremacia doméstica, com a irmã solteirona e sócia da casa de moda, Cyril (Lesley Manville).

Passado na Inglaterra dos anos 50 e remetendo, em registo menos denso, para filmes góticos como Rebecca ou Meia Luz, Linha Fantasma é um filme brilhante sobre perfeccionismo obsessivo, amor perseverante e luta pelo poder num microcosmo familiar e criativo, rodado por Anderson com uma elegância, um rigor e um saber cinematográfico clássicos. E interpretado por Day-Lewis, no seu papel de despedida, com a mesma fixação pela excelência no seu ofício que move a personagem que incarna.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
15
Data de estreia
sexta-feira 2 fevereiro 2018
Duração
130 minutos

Elenco e equipa

Realização
Paul Thomas Anderson
Argumento
Paul Thomas Anderson
Elenco
Daniel Day-Lewis
Lesley Manville
Vicky Krieps
Também poderá gostar