Mary Shelley

Filmes, Drama
2 /5 estrelas
Mary Shelley

A Time Out diz

2 /5 estrelas

E cá estamos mais uma vez perante um dos mais ingratos formatos do cinema, 
o filme biográfico literário, 
que geralmente redunda
 numa versão muito Reader’s Digest sobre a vida dos autores abordados, sem conseguir dizer algo de relevante sobre as suas obras ou as condições em que foram escritas. É raríssimo um destes biopics de escritores conseguir substituir-se a uma biografia escrita, ou sequer emulá-la.

A vítima desta feita é Mary Shelley, filha de radicais e livres-pensadores, autora de Frankenstein e de O Último Homem, obras-chave da literatura fantástica e de ficção científica, e mulher do poeta romântico Percy Shelley, aqui interpretada por Elle Fanning, que além de ser americana, é muito mais bonita do que a verdadeira Mary Shelley.

Realizado pela saudita Haifaa Al-Mansour, a primeira mulher a rodar um filme no seu país, O Sonho de Wadjda, Mary Shelley é uma obra convencional, tépida e rasa, sem nada de inédito ou inesperado para dizer sobre a biografada, a sua vida íntima, a relação com o marido
e outros autores da mesma época e os seus processos de criação literária. Aquilo a que se chama uma estopada, embora compostinha e didáctica.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
12A
Data de estreia
sexta-feira 6 julho 2018
Duração
121 minutos

Elenco e equipa

Realização
Haifaa al-Mansour
Argumento
Emma Jensen
Elenco
Douglas Booth
Elle Fanning
Também poderá gostar