Na Praia de Chesil

Filmes, Drama
2 /5 estrelas
Na Praia de Chesil

A Time Out diz

2 /5 estrelas

Oxford, 1962. Edward (Billy Howle) formou-se com distinção e gosta de blues e rock. Florence (Saoirse Ronan) é violinista num quarteto clássico. Conhecem-se, apaixonam-se e casam-se, apesar de alguma relutância dos pais dela, cujo estatuto social é superior ao dos dele. Edward e Florence são virgens e sexualmente pouco informados. Ele ferve em pouca água e é orgulhoso, e ela tem um segredo negro. Some-se a isto à rigidez constrangedora da sociedade inglesa da altura, e a noite de núpcias é uma catástrofe.

Baseado no livro de Ian McEwan e com argumento
 do próprio, Na Praia de Chesil
 é uma tragédia de amor 
jovem comprometido pela inexperiência carnal, por uma falha de carácter e um segredo inconfessado. Ronan e Howle são perfeitos no casalinho, sobretudo nos momentos de intimidade,
 e a época, dos objectos aos comportamentos e preconceitos, é recriada com todo o rigor das produções inglesas. Mas Dominic Cooke, vindo do teatro, não se atreve a perturbar a também rígida respeitabilidade literária do argumento, e o filme inclui uma segunda catástrofe: um final vulgarmente melodramático, com Ronan e Howle maquilhados para parecerem 50 anos mais velhos, mas dando a impressão de terem saído de uma fita barata de terror.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
15
Data de estreia
sexta-feira 18 maio 2018
Duração
110 minutos

Elenco e equipa

Realização
Dominic Cooke
Argumento
Ian McEwan
Elenco
Saoirse Ronan
Emily Watson
Billy Howle