O Amor Eterno

Filmes
2 /5 estrelas
O Amor Eterno

A Time Out diz

2 /5 estrelas

Ora, aí pelo final do século XX, Valentine casa com Jules

Um século depois, encontramos uma parente de Valentine, jovem de Paris em boa e feliz corrida para cair nos braços do homem que ama.

Perdoe-se a vulgaridade do relato, mas é mesmo assim. Mais, Tran Anh Hung quer que se veja aqui, nestes dois momentos de encontro amoroso, uma espécie de desenlace de uma genealogia sentimental ao longo de 100 anos.

Ora, com este ambicioso e severamente frustrado desejo de apresentar uma odisseia centenária, o criador de O Cheiro da Papaia Verde obriga Audrey Tautou, Bérénice Bejo, Mélanie Laurent e Jérémie Renier ao trabalho suplementar de inventar o que podem com o pouco diálogo que têm.

Diálogo aliás correspondente, na sua incipiência, a um argumento (também escrito pelo realizador, a partir do romance Alice Ferney) vago e pouco consistente. Seja como for, a direcção de fotografia de Ping Bin Lee é agradável, e as cenas de época parecem correctas e adequadas ao tempo representado.

Por Rui Monteiro

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Duração
115 minutos

Elenco e equipa