Patrick

Filmes
1 /5 estrelas
Patrick

A Time Out diz

1 /5 estrelas

Na primeira longa-metragem do actor Gonçalo Waddington, um rapaz de 21 anos, Patrick, é detido pela polícia em Paris, na casa do namorado, na sequência de uma festa barulhenta. Este delito menor transforma-se em algo muito mais grave. No computador de Patrick, a polícia descobre vídeos dele a exercer violência sexual em raparigas e, ainda menor, envolvido com um homem muito mais velho. É que Patrick chama-se na realidade Mário e foi raptado em Portugal por um pedófilo quando era criança. Após esta abertura promissora, Patrick auto-destrói-se, por causa de uma descomunal e inacreditável inverosimilhança no argumento.

Não só o rapaz não fica detido para a polícia investigar quem o raptou e apurar os detalhes da sua arrepiante história de vítima de pedofilia, como é libertado e recambiado para casa da mãe, em Portugal, sem pulseira electrónica ou vigilância das autoridades, e com direito a boleia de um inspector da PJ. O filme implode por défice de plausibilidade e deixa-nos a contar os minutos que faltam até acabar, porque deixámos simplesmente de acreditar no que se passa na tela.

Por Eurico de Barros

Detalhes

Detalhes da estreia

Elenco e equipa