Radioactivo

Filmes, Drama
1 /5 estrelas
Radioactivo

A Time Out diz

1 /5 estrelas

O começo de Radioactivo, de Marjane Satrapi (Persépolis), não deixa espaço para dúvidas. Este filme sobre Marie Curie, a descobridora do rádio e do polónio, juntamente com o marido, Pierre Curie, única mulher a ganhar duas vezes um Prémio Nobel e única pessoa a receber o mesmo prémio em duas disciplinas diferentes, Física e Química, vai contemplar todos os lugares comuns do filme biográfico. Radioativo abre – obviamente! – com a cientista (interpretada por Rosamund Pike), já idosa, a desmaiar no seu laboratório e a ser hospitalizada, fazendo logo a seguir um enorme flashback da sua vida e da sua obra enquanto a levam numa maca. Seguem-se quase duas horas de aborrecido, sensaborão e previsível cinema do tipo Selecções do Reader’s Digest, durante as quais Satrapi não se esquece, num didactismo parolo, de recordar ao espectador as futuras aplicações boas e más da radioactividade, com os tratamentos contra o cancro na medicina, a bomba atómica e a energia nuclear (com recriação do bombardeamento de Hiroxima e do acidente de Chernobyl). Radioativo é abaixo de televisão medíocre.

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
12A
Data de estreia
sexta-feira 20 março 2020
Duração
103 minutos

Elenco e equipa

Realização
Marjane Satrapi
Elenco
Rosamund Pike
Sam Riley
Anya Taylor-Joy