Sorte à Logan

Filmes, Comédia
Escolha dos críticos
3 /5 estrelas
Sorte à Logan

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Steven Soderbergh
 tinha anunciado que se ia retirar da realização para se dedicar à pintura, mas afinal faltou à verdade que nem o
 mais descarado dos políticos. Pouco depois de ter feito esta afirmação, realizou Por Detrás do Candelabro e a série The Knick,
 e fotografou e montou, sob pseudónimo, Magic Mike XXL. E agora aparece Sorte à Logan.

É uma versão sulista, populista e de forte sotaque local de Ocean’s Eleven – Façam as Vossas Apostas (Soderbergh até goza com isso a certa altura do filme), com Channing Tatum e Adam Driver em vez de George Clooney e Brad Pitt, interpretando os irmãos Logan, Jimmy e Clyde, um divorciado e recém-desempregado, outro solteiro, barman e veterano mutilado do Iraque, que planeiam e levam a cabo um ousado assalto durante uma corrida de stock cars da NASCAR em Charlotte, na Carolina do Norte.

Sob o signo de uma celebérrima canção de John Denver, Soderbergh assina, em Sorte à Logan, um divertimento engenhoso, castiço, muito ritmadoequecontornavárias convenções do formato (não
há uma única perseguição de carros, por exemplo), se bem que a pedir a ocasional suspensão da descrença ao espectador (a evasão da cadeia força um bocado a nota) e sem gozar (demais) com os nativos de Dixie.


Uma palavra ainda para a morenaça Riley Keoughn a irmã despachada e sem papas na língua de Jimmy e Clyde, e para Daniel Craig, tatuado e de cabelo oxigenado, no papel do perito rebenta-cofres apropriadamente chamado Joe Bang.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
12A
Data de estreia
sexta-feira 25 agosto 2017
Duração
119 minutos

Elenco e equipa

Realização
Steven Soderbergh
Argumento
Rebecca Blunt
Elenco
Channing Tatum
Daniel Craig
Adam Driver
Riley Keough