The Gentlemen - Senhores do Crime

Filmes, Suspense
3 /5 estrelas
The Gentlemen - Senhores do Crime

A Time Out diz

3 /5 estrelas

Há muito tempo – mais precisamente, desde o seu filme de estreia, Um Mal Nunca Vem Só (1998) – que Guy Ritchie não fazia nada tão decente como este The Gentlemen – Senhores do Crime. Não quer isto dizer que a fita tenha seja o que for de inovador e que constitua um passo em frente na filmografia do realizador.

Pelo contrário. The Gentlemen – Senhores do Crime marca o regresso de Ritchie ao seu ecossistema, o meio dos gangsters londrinos e toda a sua circunstância; e ao género que o tornou célebre, a comédia de acção policial com forte sotaque cockney , composição multiétnica, bastante vernáculo e alguns atrevimentos politicamente incorrectos. (O diálogo entre a personagem de Colin Farrell e o pugilista negro no ginásio, por exemplo, perturbou algumas almas mais sensíveis nos EUA. Azar o delas.)

Em The Gentlemen – Senhores do Crime, Matthew McConaughey interpreta Mickey Pearson, um americano de família modesta que veio para Inglaterra com uma bolsa de estudo, começou a vender marijuana na universidade aos colegas, encheu-se de dinheiro e é agora o maior produtor da Grã-Bretanha. Graças a um modelo de negócio tão discreto como inteligente, que se aproveita do triste estado das finanças de muitos aristocratas ingleses com mansões no campo.

Ao mesmo tempo que recebe uma tentadora oferta para vender o seu negócio, que lhe permitirá gozar uma reforma de platina com a mulher, Rosalind (Michelle Dockery). Mas além dos rivais que lhe cobiçam as plantações de erva, e a prosperidade, Mickey está também na mira de um jornalista azeiteiro (Hugh Grant a imitar Michael Caine) que o ameaça e chantageia para receber a sua parte.

Entre outros actores, Colin Farrell aparece a usar os fatos de treino mais foleiros deste hemisfério, Charlie Hunnam interpreta o (aparentemente) civilizado e moderado braço direito de Mickey, e Eddie Marsan, é o repugnante director de um tablóide que acaba numa pocilga em situações para lá de hardcore.

Ritchie coreografa as andanças violentas de toda esta fauna sem excesso de cabriolas visuais, e com o seu sentido de humor brutalista e gozão sempre em on. Nada como regressar aonde se foi feliz.

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
18
Data de estreia
quarta-feira 1 janeiro 2020
Duração
113 minutos

Elenco e equipa

Realização
Guy Ritchie
Argumento
Guy Ritchie
Elenco
Matthew McConaughey
Michelle Dockery
Charlie Hunnam
Hugh Grant
Jeremy Strong
Henry Golding
Colin Farrell
Também poderá gostar