Vendeta

Filmes, Suspense
Escolha dos críticos
1 /5 estrelas
Vendeta

A Time Out diz

1 /5 estrelas

O que não falta por aí são revenge movies femininos, desde séries B de culto como Vingança de Uma Mulher, de Abel Ferrara, até ao invulgarmente reflexivo A Estranha em Mim, de Neil Jordan, com Jodie Foster, passando pelo típico trash dos anos 70 de Mulher Violada, de Meir Zarchi, ou ainda Vingança Planeada, do sul-coreano Chan wook-Park, um dos melhores deste subgénero de acção e parte de uma trilogia vingativa no masculino e no feminino.

Vendeta, a primeira longa-metragem da francesa Coralie Fargeat, viu ser-lhe logo colada a etiqueta de revenge movie “feminista”, mas trata-se mais de um sinal dos tempos (a utilização fácil, parola e abusiva, até ao esvaziar de todo e qualquer significado, da expressão “feminista”) do que outra coisa mais séria e pertinente.

A fita não só não adianta nada ao formato, como fica muito aquém de outras da mesma cepa. E não é por ser mulher que Coralie Fargeat não olha e filma Matilda Lutz, a sua actriz, exactamente como o faria um homem, nem se abstém de carregar a fundo no pedal da exploitation.

Lutz interpreta Jen, uma rapariga que tem um amante mais velho, casado e com filhos, que a leva num fim-de-semana para uma casa no deserto, onde vai caçar com dois amigos. As coisas dão para o torto e Jen é violada por um destes. E depois de recusar um suborno do amante para ficar caladinha, é atirada por uma ravina abaixo, ficando espetada num ramo de uma árvore e dada por morta.

Tudo é excessivo e berrante em Vendeta: a boçalidade cruel dos homens, a capacidade (sobrenatural) de sobrevivência de Jen, a saturação visual e sonora a armar ao pingarelho de hiperrealismo a tombar no onírico, a violência gráfica e monotonamente sádica (facas espetadas em olhos, cabeças rebentadas a tiro), o sangue às litradas. Nem o cliché do duplo acordar de um pesadelo escapa. Se Vendeta prova alguma coisa, é que uma mulher pode rodar um revenge movie no feminino tão mau como um homem.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Classificação
18
Data de estreia
sexta-feira 11 maio 2018
Duração
108 minutos

Elenco e equipa

Realização
Coralie Fargeat
Argumento
Coralie Fargeat
Elenco
Matilda Anna Ingrid Lutz
Kevin Janssens
Vincent Colombe