Verão Danado

Filmes
2 /5 estrelas
Verão Danado

A Time Out diz

2 /5 estrelas

Chico (Pedro Marujo), um recém-licenciado, ruma a Lisboa à procura de emprego e acaba por se meter numa roda viva de saídas a discotecas, festas e engates de Verão. Rodado em condições precárias e à 
base de muitas boas vontades, Verão Danado não pretende
 ser o retrato de uma geração portuguesa, antes o de uma juventude que vive no momento, para o imediato e da satisfação passageira, e se deixa ir na corrente de um quotidiano sem grandes perspectivas. Este filme de Pedro Cabeleira fica-se pela descrição superficial e repetitiva desse mesmo quotidiano, sem que haja um mínimo 
de elaboração dramática,
 de conflito e de interacção produtiva entre as personagens, que faça com que os espectadores se interessem por elas e se envolvam na história. Verão Danado tem os gestos, mas falta-lhe um discurso que o sustente, justifique e lhe dê significado e relevância.

Por Eurico de Barros

Por Eurico de Barros

Publicado:

Detalhes

Detalhes da estreia

Elenco e equipa

Também poderá gostar