A Time Out na sua caixa de entrada

Mãe Fora da Caixa
DivulgaçãoMãe Fora da Caixa

Peças de teatro em cartaz no Rio para assistir em maio

Musicais, comédias, solos, dramas... há espetáculos para todos os gostos em cartaz pela cidade.

Renata Magalhães
Escrito por
Renata Magalhães
Publicidade

Com tantas montagens fazendo temporada no Rio de Janeiro, pode até ficar difícil escolher o que assistir. Vale espairecer com uma comédia ou apostar em um stand-up comedy. Há ainda opções para quem dá preferência para se emocionar com um drama ou cantar a plenos pulmões na plateia de um musical. Algumas são estreladas por medalhões e outras trazem novos nomes a serem conhecidos. Veja aqui as peças de teatro para assistir em maio.

Recomendado: Shows para assistir no Rio em maio

Peças de teatro para assistir em maio

  • Teatro
O diretor e ator Álamo Facó idealizou o espetáculo há seis anos, quando mergulhou na pesquisa sobre sua ancestralidade e o início da cidade do Rio de Janeiro, a fim de desenterrar a versão não contada dessa história. Em cena, com o Parque do Flamengo como cenário, ela é narrada pela primeira vez por esse lado de cá da baía, o da taba Karioka, da Paliçada de Uruçumirim, onde nasceu a maior organização de combate à escravização indígena que já se teve notícia. Para a realização, foi convidado um coletivo de artistas de maioria indígena. O ponto de encontro do público é em frente ao Restaurante Assador.
  • Teatro
  • Musicais
A dupla Charles Möeller & Claudio Botelho se debruça novamente no clássico que estreou na Broadway em 1959, venceu oito prêmios Tony, foi adaptado para o cinema e levou cinco troféus do Oscar. A nova versão apresenta Malu Rodrigues e Pierre Baitelli como o icônico casal Maria e Capitão Von Trapp. Desta vez, a tecnologia também está presente, com projeções realistas e um telão de LED que dá a sensação de estar dentro de um filme. São mais de 20 cenários e 300 figurinos. Larissa Manoela, Pedroca Monteiro e Eduardo Borelli são outros nomes no elenco.
Publicidade
  • Teatro
  • Comédia
Fabio Porchat dirige o espetáculo com nove esquetes de humor escritas em parceria com o ator Paulo Gustavo, na época em que os dois estudavam juntos. Os textos são baseados em diálogos rápidos e ácidos, aliados ao improviso e às respostas da plateia. Com mais de 20 personagens masculinos e femininos, a trama de comédia é estrelada pelas atrizes Maria Clara Gueiros, Júlia Rabello e Priscila Castello Branco. 
  • Teatro
  • Musicais
Comemorando 30 anos de carreira, o ator Bruce Gomlevsky dá vida a outro grande nome da música brasileira: depois de encarnar Renato Russo nos palcos, chega a vez de narrar a história de Raul Seixas. Escrito por Leonardo da Selva a partir de manuscritos do cantor, o musical apresenta 20 canções executadas ao vivo por uma banda. A peça leva o público à intimidade de seu processo criativo durante uma noite de insônia em que Raul compõe e reflete sobre a sua música e o seu país.  
Publicidade
  • Teatro
  • Infantil
Com direção de Isaac Bernat e dramaturgia de Julia Bernat, o espetáculo infantil narra o inspirador episódio que teria ocorrido entre um dos maiores escritores do século XX, Franz Kafka, e uma menina no parque de Steglitz, em Berlim, na Alemanha. Na trama, ao se comover com o sofrimento da jovem Elsi por ter perdido sua boneca, o escritor a convence de que, na verdade, ela estava viajando. Ele então passa a escrever belas cartas como se fosse o brinquedo contando suas aventuras mundo afora.
  • Teatro
  • Drama
Após um hiato de dez anos, Osmar Prado retorna aos palcos em um texto do espanhol Rodolf Sirera, um dos dramaturgos contemporâneos de maior renome na Europa. Ao lado de Maurício Machado, ele vive um thriller que traz temas importantes e atuais. Na história, um ator é convidado pelo excêntrico Marquês para interpretar uma peça teatral de sua autoria, inspirada na morte de Sócrates. Durante o encontro, o aristocrata passa a controlar o artista através de um jogo psicológico e se revela capaz de qualquer coisa para atingir seu objetivo. Direção de Eduardo Figueiredo.
Publicidade
  • Teatro
  • Drama
Esta é a primeira encenação nacional baseada em fragmentos da vida e de obras do premiado escritor chileno Roberto Bolaño (1953-2003), considerado um dos maiores autores latino-americanos da virada do século XXI. Com direção e dramaturgia original de Luiz Felipe Reis e atuação de Renato Livera, o espetáculo aborda os últimos anos do autor, diagnosticado com uma doença hepática, e apresenta sua impressionante jornada pelo continente rumo ao México, para depois fixa-se na Espanha.
  • Teatro
  • Drama
Escrito por Suzie Miller, o texto ganhou dezenas de montagens ao redor do mundo, conquistou a Broadway e o West End inglês, virou objeto de disputa entre produtores e inspirou debates e esforços para mudar algumas leis britânicas. Agora chega ao Brasil em versão dirigida por Yara de Novaes e estrelada por Débora Falabella, no primeiro solo de sua carreira. Em cena, ela vive a uma bem-sucedida advogada que tem acusados de violência sexual entre seus clientes. Ao mesmo tempo em que experimenta o sucesso, precisa encarar uma crise que a obriga a rever uma série de valores e princípios, além de refletir sobre o sistema judicial, a condição feminina e as relações conturbadas entre diversas esferas de poder.
Publicidade
  • Teatro
Inspirada no best-seller homônimo de Thaís Vilarinho, a peça dirigida por Joana Lebreiro trata com humor os dilemas que envolvem a maternidade real. Na trama, uma mulher (Miá Mello) que já tem uma filha com sete anos aguarda ansiosa em seu banheiro pelo resultado de um novo teste de gravidez. 
  • Teatro
  • Drama
No monólogo idealizado e estrelado por Karla Tenório, a maternidade é exposta de forma real e humana, a partir de argumentos sociais e históricos. A plateia é conduzida por uma viagem pelo lado sombrio e oculto de ser mãe, com o intuito de conscientizar sobre o caráter compulsório desta condição. Direção de Joana Lerner e Pâmela Côto.
Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade