A Time Out na sua caixa de entrada

Quinta, Pedagógica, Armando Villar, Cascais
©Ana LuziaQuinta Pedagógica Armando Villar

17 coisas para fazer com as crianças em Cascais

Cascais é um óptimo destino para visitar em família. Do mar à terra, da natureza à música, apresentamos 17 boas propostas para entreter as crianças.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

A menos de meia hora de Lisboa, a Linha de Cascais tem praias de sonho, bons restaurantes (principalmente de peixe) e até um bairro de museus para percorrer a pé e ir aprendendo pelo caminho. Se leva os miúdos na bagagem não se preocupe. É que não faltam coisas para fazer com crianças em Cascais, em qualquer altura do ano: quintas pedagógicas, jardins, actividades mais ou menos radicais, museus e mergulhos, muitos mergulhos. O mais difícil vai ser enfiá-los no carro – porque depois é só um tirinho e há muito para descobrir em família.

Recomendado: Comer, comprar e passear: as melhores coisas para fazer em Cascais

17 coisas para fazer com as crianças em Cascais

  • Miúdos
  • Eventos activos

O apelido da OHficina é Laboratório de Materiais Improváveis e é com eles que se trabalha nesta antiga estufa do Parque Marechal Carmona, transformada numa sala de brincadeiras para miúdos de todas as idades. Mas brincadeiras a sério, já que o projecto assenta na educação, na sustentabilidade ambiental e na arte. “Há coisas que são desperdício para uns e para nós é matéria-prima. A ideia é dar uma nova vida aos materiais e ensinar as pessoas que podem sempre fazer alguma coisa com o que acham que é lixo”, explica à Time Out Maria Peres, uma das fundadoras do projecto. A OHficina está aberta alguns dias da semana para a comunidade e escolas e ao fim-de-semana com uma programação específica.

  • Atracções
  • Parques e jardins

Localizado entre Cascais e o Estoril, o Parque Palmela foi mandado construir pelos Duques de Palmela no final do século XIX. Foi, na época, palco de muitas festas, e a tradição manteve-se, com concertos, peças de teatro e espectáculos de dança no Auditório Lopes Graça. Apesar de a programação estar actualmente suspensa, o parque conta com um circuito de arborismo e um percurso de manutenção que estimulam a prática desportiva ao ar livre. Para aproveitar a sério, visite o site Pedaços de Aventura e faça a marcação prévia. Outra forma de entreter os miúdos é propor um grande jogo das escondidas – corre é o risco de não os encontrar (errr…).

Publicidade
  • Atracções
  • Espaços públicos

A enseada de Santa Marta, junto à Marina de Cascais, é um dos sítios mais românticos e fotogénicos da vila. Mas como é óbvio não é só a vista que vai agradar aos miúdos. A apenas cinco minutos a pé do centro histórico da vila e com uma localização geográfica privilegiada, a Marina é paragem obrigatória para todo o tipo de embarcações de recreio, palco de grandes eventos internacionais e ainda um espaço nobre de acolhimento, lazer e conforto a todos os que por lá passam. Pegue nos miúdos e leve-os a comer um gelado e a sonhar com o iate que vão ter no futuro (mesmo que o futuro seja apenas “logo à noite, em sonhos”). Ao lado da loja Embaú, há karts a pedais para alugar e curtir.

  • Atracções
  • Parques e jardins

Este simpático jardim, bem no centro de Cascais, recebeu há uns anos um carrossel digno de conto de fadas, com um estilo rococó, que até acende luzinhas à noite. Tem cavalos, galinhas, cestos, um elefante e até uma carruagem, ideal para pais com bebés de colo. Escusado será dizer que o Jubilo Carrossel, assim se chama, veio para ficar e não há dia em que esteja parado. Há crianças tão fanáticas pelo passeio que os pais juram que com o dinheiro gasto já poderiam ter comprado o equipamento em si.

Bilhetes a partir de 2€. Jardim Visconde da Luz. Seg-Sex 11.00-19.00, Sáb e Dom 10.00-20.00.

Publicidade
Ter aulas de surf
©Green Wave

5. Ter aulas de surf

Numa vila banhada a mar, com ondas afamadas que desde sempre recebem etapas de campeonatos de surf, faz sentido os miúdos subirem para cima de uma prancha e experimentem umas aulas. A Green Wave Cascais é uma das novatas da área, mas tem feito um trabalho exemplar com miúdos de várias idades – ok, e graúdos também. Além das aulas de surf, privadas ou em grupo, tem também lições de stand up paddle e sessões de hiking na Serra de Sintra.

greenwavecascais@gmail.com, 91 053 3638

Dar um mergulho
©Manuel Manso

6. Dar um mergulho

Quilómetros e quilómetros de areia para brincadeiras sem horário nem entrada paga. Nas praias do Guincho é raro encontrar bandeira verde para mergulhos demorados, mas o areal é o mais belo da zona e as ondas pedem pranchas de surf, windsurf e kitesurf. Na Linha, da praia da Conceição à Azarujinha, difícil vai ser escolher onde estender a toalha. Paredão fora, o melhor é fazer como eles: “um-dó-li-tá, cara de amendoá!”

Publicidade
  • Atracções
  • Quintas

Compreende um total de 380 hectares no Parque Natural Sintra-Cascais. Não é coisa pouca, portanto, aquilo que a Quinta do Pisão tem para apresentar às crianças que gostam da natureza. Há cavalos, ovelhas, burros lanudos e outros animais selvagens como coelhos ou perdizes. Pode lá ir colher alimentos directamente da terra, aprender mais sobre a flora da zona, fazer passeios a pé, de bicicleta e até de segway. Importante é ir.

  • Museus
  • História natural

Comparar a visita a este museu a um mergulho no mar é capaz de ser a coisa mais óbvia que se possa dizer. Nascido em 1992, pretende preservar as histórias da comunidade piscatória de Cascais ao mesmo tempo que aborda o estudo de vários temas ligados ao mar, uma prática iniciada pelo Rei D. Carlos, ainda so século XIX, com o estudo dos oceanos, ilustrado no museu. Em cada sala do museu é tratado um assunto diferente, desde os fósseis marinhos às embarcações e histórias de pesca da vila.

Publicidade
  • Museus
  • Música

O Museu da Música Portuguesa - Casa Verdades de Faria, instalado numa grandiosa casa do início do século XX, é o sítio certo para aguçar nos mais novos o gosto pela música. O espólio faz uma viagem por todo o tipo de instrumentos musicais, dentro de uma casa forrada a azulejos, também eles a contar uma história, que pode ser explicada por quem faz as visitas guiadas. Mais: o jardim é um dos bons sítios da vila para jogar às escondidas, permite piqueniques e a entrada de cães com trela e é gratuito.

  • Miúdos
  • Eventos activos

Para que os seus filhos não pensem que os ovos vêm das prateleiras dos supermercados, mas sim das galinhas, leve-os a visitar a primeira quinta pedagógica biológica do país. Aqui podem conhecer moinhos de vento, visitar hortas, pomares e jardins de ervas aromáticas, alimentar animais da quinta e ajudar a equipa da casa nos tratamentos diários de cada espécie. Tem uma série de oficinas onde se podem inscrever durante as férias, por isso é estar atento às actividades.

Publicidade
  • Atracções
  • Parques e jardins

O Parque das Gerações é procurado por quem gosta de viver a vida com adrenalina, mas não espere encontrar um ambiente hostil: é procurado por cada vez mais famílias e muitas miúdas que se estão a interessar cada vez mais pelo skate. E não interessa se não tem experiência, porque neste skate park tanto podem andar os grandes atletas sobre rodas como os mais novinhos, que ainda mal se equilibram em cima da tábua.

  • Atracções
  • Parques e jardins

Não podem ver um raio de sol que os cascaenses correm logo todos para a praia. Mas nem só de areia e mar se faz a Linha: o Parque Marechal Carmona também é um óptimo destino para os dias de sol. Tem relvados extensos, lagos, percursos românticos, uma mata com árvores de grande porte e um parque infantil dividido em três partes (uma para cada idade). Patos, galos e pavões passeiam-se sem vergonha, à espera da comida que os guardas não deixam ninguém dar. E também podem ser eles a sondar a sua cesta de piquenique – fica o aviso.

Publicidade
  • Miúdos
  • Parques infantis

Além de bowling, é possível jogar lasertag, paintball, bazoka ball, bubble football, arco e flecha, minimoto4 ou praticar hipismo. E se nem todos estes nomes fazem um click automático na sua cabeça, nós ajudamos: por exemplo, o bazooka ball é um jogo parecido com o paintball em que as “balas” disparadas são pequenas bolas de espuma que não magoam no impacto; no minimoto4, os pequenos pilotos vão poder conduzir motas pequeninas, com acompanhamento e formação de um monitor (e capacete, claro). Para além de todas estas hipóteses, há uma opção mais cor-de-rosa: o Playprincess. Isto sem esquecer a modalidade que dá nome à casa: a arte de derrubar mecos.

  • Atracções
  • Bibliotecas, arquivos e fundações

Chama-se Biblioteca Infantil Juvenil e fica no idílico Parque Marechal Carmona, no coração da vila. Tem uma imensidão de livros em português para requisitar, mas tem também, para acompanhar a cada vez maior comunidade de estrangeiros a viver em Portugal, vários livros em inglês e outras línguas, para miúdos de todas as idades. Mais: há ainda uma área de brincadeiras para bebés, também com os seus livros cartonados.

Publicidade
  • Miúdos
  • Eventos activos

O Pedra Amarela Campo Base, em pleno Parque Natural Sintra-Cascais é o sítio certo para todos os espíritos aventureiros que nos lêem. Aqui é possível acampar numa área segura, fazer slide, alugar bicicletas para percursos de BTT, fazer rappel, tiro com arco, percorrer a pista de arborismo e também fazer escalada. É perfeito para a criança enérgica que mora lá em casa, mas também para o mini-ecologista ou quem sabe o romântico que só quer andar de cabeça no ar.

  • Miúdos
  • Vendas

Só quem conhece vai lá dar facilmente, mas há um bosque encantado que vale a pena procurar em Cascais. É o Bosque Feliz e está cheio de livros, jogos e bonecos perfeitos para encher o quarto dos brinquedos. As pedagogias alternativas Waldorf, Pikler e Montessori têm lugar de destaque nas prateleiras, bem como os materiais sustentáveis e amigos do ambiente.

Publicidade
  • Miúdos
  • Eventos activos

Basta calçar as meias antiderrapantes para entrar num mundo de brincadeiras cheio de cores. Arborismo indoor, escalada, slide, escorrega de bóias, trampolins e videojogos são algumas das atracções que os miúdos vão encontrar no novo Anima Park, em Cascais. Acha que já chega para lhes gastar a energia toda? Pois fique a saber que há ainda o Brinquedão, um espaço com 175 metros quadrados cheio de obstáculos, um labirinto e um escorrega; e uma cidade em ponto pequeno, com uma oficina, um supermercado e uma cozinha para os miúdos brincarem aos crescidos. Para os pais, há um lounge bar com vista para o parque infantil – além de mesa de snooker, máquina de flipper e petiscos.

Também poderá gostar de...

  • Coisas para fazer

Cascais pertence ao núcleo designado por Lisbon Golf Coast, com mais de 20 campos de golfe, e já por duas vezes vencedor do prémio melhor destino de golfe da Europa, pela International Association of Golf Tour Operators (IAGTO). Cascais tem um quota parte de responsabilidade pelo prémio, aos quais se juntam outros campos nas redondezas.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios

Primeiro há que planear. Estudar as várias hipóteses, reunir um grupo de amigos (ou não) e depois fazer-se à pista. Seja para uma caminhada de ida e volta no Paredão de Cascais, seja para uma tarde de aventura num parque natural, para uma volta em duas rodas – com a respectiva informação de aluguer de bicicletas – ou um passeio em busca dos golfinhos que gostam de se mostrar perto da costa, reunimos ideias para todos os gostos.

  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios

Se houve lição aprendida com a pandemia foi a de que o nosso corpo precisa realmente de receber oxigénio puro. Se ele vier das árvores, tanto melhor. Passear em espaços verdes deixou de ser só um belo momento de descontracção: passou a ser igual a receber um bilhete premiado da lotaria. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade