A Time Out na sua caixa de entrada

Oitavos Dunes
©Oitavos DunesOitavos Dunes

Os melhores campos de golfe em Cascais e arredores

O golfe é um dos desportos pelos quais Cascais é procurado desde sempre e que, nas últimas décadas, tem recebido ainda mais motivos para ser considerado um destino de golfistas por excelência.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Cascais pertence ao núcleo designado por Lisbon Golf Coast, com mais de 20 campos de golfe, e já por duas vezes vencedor do prémio melhor destino de golfe da Europa, pela International Association of Golf Tour Operators (IAGTO). Cascais tem um quota parte de responsabilidade pelo prémio, aos quais se juntam outros campos nas redondezas. Falamos de sete, alguns mesmo no coração da zona, com incríveis vistas para o Atlântico, outros já virados para a Serra de Sintra, outro cenário idílico para a prática da modalidade que tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos em Portugal. Eis o mapa dos melhores campos de golfe em Cascais e arredores.

Recomendado: Golfe, ténis, equitação, surf ou boxe? Toca a mexer

Os melhores campos de golfe em Cascais e arredores

  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18
Par: 71

Construído na década de 80 pelo famoso arquitecto Robert Trent Jones, é um campo bem envolvido na natureza, com 5870 metros, vistas para o mar e para a Serra de Sintra. Com um percurso variado, a pedir perícia e o uso dos vários tacos do saco, tem alguns buracos lendários, como o buraco 3 (um par 4), com vista para o Atlântico, e o 18 (par 5), com dois lagos a exigir as suas melhores tacadas. O bar Trent Jones, a olhar para o campo de golfe e a piscina, é o sítio certo para um copo pós-jogo ou para uma refeição ligeira de sabores portugueses.

  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18
Par: 69

É um campo de golfe histórico no país, inaugurado em 1929 por Fausto Figueiredo, o grande dinamizador do Estoril nas primeiras décadas do século XX, e palco dos primeiros campeonatos nacionais amadores. Começou por ser um campo de 9 buracos, desenhado por Jean Gassiat; em 1945 cresceu para os 18, num trabalho do arquitecto MacKenzie Ross; e mais tarde foi novamente alterado pelas mãos do francês Jean Jean, quando foi construída a autoestrada para Lisboa. Tem 5189 metros e tem também um campo de 9 buracos para iniciados. Como um bom campo de golfe, tem um clubhouse a sério, com restaurante, dois bares e uma piscina.

Publicidade
  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18
Par: 71

Inaugurado em 2001, em plena Quinta da Marinha, dentro do Parque Natural Sintra-Cascais, rodeado por pinheiros e com o mar ao fundo, o Oitavos Dunes é um projecto do arquitecto Arthur Hills. Com a preocupação de manter os terrenos do campo o mais próximo possível do que eram, o trabalho de preservação das árvores e das dunas foi grande, dando origem a um campo que tem tanto de bonito quanto de desafiante. Faz parte de um hotel, o The Oitavos, quem tem vários programas combinados de dormida e jogos. Para repor energias, o Verbasco, o restaurante do clube de golfe, tem bons pratos portugueses e algumas receitas internacionais, além de uma excelente vista para o campo e o mar.

  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18 + 9
Par: 72

É um campo que vale por dois. O Penha Longa Golfe engloba o campo Atlântico, com 18 buracos, e o Mosteiros, com 9, ambos desenhados pelo lendário Robert Trent Jones. O primeiro, inaugurado em 1992, foi palco de um Open de Portugal, e está cheio de surpresas e belíssimas vistas. Foi considerado em 2016 e 2017 um dos 100 melhores da Europa – é pensar que o serviço do hotel de cinco estrelas se estende ao relvado.

Publicidade
  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18
Par: 69

Fun fact: este campo de golfe é irrigado a partir da reserva de água situada nos mais de 5500 metros de terreno. Situado no sopé da Serra de Sintra, enquadrado entre eucaliptos, pinheiros e magnólias, lagos e cursos de água, tem dois populares buracos, o 7 e o 17, ambos com tendência para que os jogadores metam água.

  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18
Par: 69

Tem origem num daqueles antigos clubes de Lisboa, no caso o Lisbon Cricket Club, fundado em 1861, tendo o nome actual sido adoptado quase há 100 anos (1922). Está desde os anos 60 na Serra da Carregueira, em Belas, mas tanta história não o torna um local desactualizado. Com 18 buracos, par 69, e, pela morfologia do terreno onde está instalado, um percurso no meio do verde, tem uma beleza natural única e vários buracos a exigir layouts exigentes.

Publicidade
  • Desporto
  • Golfe

Buracos: 18
Par: 72

Fica dentro do conhecido empreendimento de habitação, mas a envolvente é natural, entre colinas e vales, com uma imensidão de árvores, quatro lagos e, por isso mesmo, dizem os próprios, “um verdadeiro teste para qualquer jogador”. Tem 6109 metros, 18 buracos e duas áreas de treino, com 18 lugares cada uma.

Também poderá gostar de...

  • Restaurantes

A frescura do produto é o que mais importa na hora de comer peixe. Mas arte de o trabalhar, de forma a não danificar a matéria-prima, também é essencial para os verdadeiros apreciadores. Finalmente, um bom serviço também ajuda a que a refeição saiba ainda melhor. Cascais, terra de homens do mar, reúne estas três condições em diversos restaurantes. Vila onde o peixe é rei e senhor, com espécies pescadas ali mesmo ao largo, exemplo dos linguados, corvinas, polvos ou sargos, sem esquecer o marisco, importante é mesmo saber onde comer bom peixe em Cascais. Damos-lhe sete boas opções – uma para cada dia da semana, quem sabe.

Recomendado: Os melhores restaurantes em Cascais

  • Coisas para fazer

Se é certo que muitos projectos foram adiados ou ficaram pelo caminho por causa da pandemia, outros houve que decidiram arriscar e dar-se a conhecer no ano da (des)graça de 2020. Tem sido desde sempre trabalho da Time Out estar atenta a tudo o que nasce de novo na Grande Lisboa. Vai daí, pusemo-nos em linha e corremos as capelinhas todas para reunir as novidades em Cascais, porque bem sabemos que não gosta que lhe escape nada. Fica a meia hora da capital e tem algumas boas novas para descobrir, das lojas aos restaurantes. Siga as nossas pistas e rume à linha para ver o que há de novo em Cascais.

Recomendado: Comer, comprar e passear: as melhores coisas para fazer em Cascais

Publicidade
  • Restaurantes

A meia hora de Lisboa, Cascais – à beira-mar plantado – não é apenas um paraíso de praias e ondas para surfar. Os melhores restaurantes em Cascais, para antes ou depois do bronze, têm os olhos colados ao mar. Mas, se as estrelas são os peixes e o marisco, há mais: alta cozinha chinesa, caça e até estrelas Michelin. Entre a terra e o mar, difícil será escolher se prefere um pargo com cevadinha e funcho ou uma burrata italiana da Campânia. Explore este roteiro de acordo com as diferentes vontades e só podemos garantir que não sai defraudado. Palavra Time Out.

  • Coisas para fazer

Às praias idílicas junta-se uma agenda de eventos preenchidérrima, somam-se restaurantes fantásticos, imeeeenso espaço para fazer desporto e, claro, algumas lições de história. Para quem acha que em Cascais não há nada mais do que praias bonitas e ondas para surfar, temos 30 sugestões que provam o contrário e dão matéria para passar um dia completo (e os que mais quiser) na vila, com actividades desde o nascer do sol ao nascer da lua. Entre comer, comprar e passear, vai de certeza ficar com vontade de ir dar um mergulho. Se o tempo não estiver para brincadeiras, pode fazer uma pausa para um café e um mimo, doce ou Salgado.

Recomendado: O que há de novo em Cascais

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade