Três Marias

Hotels, Boutique hotels
1/3
Três Marias, Alentejo, Portugal.
2/3
Três Marias, Alentejo, Portugal.
3/3
Três Marias, Alentejo, Portugal.

“Queremos que as pessoas se sintam em casa.” É assim, de forma simples, enquanto apela ao lado familiar do espaço, que Baltasar Trueb, nascido na Suíça, a viver na costa alentejana há largos anos, fala do Três Marias. A frase, que provavelmente já ouviu ser proferida por pessoas de várias unidades de alojamento do género, está longe de ser conversa fiada. Estamos aqui para explicar porquê.

O Três Marias é acolhedor. É uma verdadeira casa de campo alentejana, com várias zonas de quartos – abriu em 2004, com apenas dois, mas tem vindo a crescer ao longo dos anos e já soma 15 –, todos com varanda privada e cadeiras ou sofás para ficar cá fora a ouvir a natureza. Dividem-se entre quartos duplos, duplos superiores e duplos com mezzanine e estão cheios de amenities, que vão de um cheiroso gel de banho natural ao material necessário para chá e café, dos copos de vinho a um sofá para se estender. Aqui não há televisão nos quartos, o wi-fi só funciona bem na zona comum, o que significa que é para quem gosta de verdadeiro sossego.

No Três Marias o staff parece transparente. Aparece para dar o bom dia e avisar que o bolo do pequeno-almoço (sempre delicioso) está quase a sair, aparece à hora do jantar, a servir refeições alentejanas a quem escolhe jantar por ali, e aparece na despedida, na infeliz hora de fazer o check-out, a desejar um “até breve”. Tudo o que precisar de bebidas, como água, sumos, cafés ou copos de vinho, funciona no regime honesty bar, isto é, tudo o que consumir deve ser anotado numa folha ao lado do bar e é descontado na conta final.

A zona comum podia ser a sala de uma casa. Forrada a sofás cómodos, prateleiras cheias de livros e revistas estrangeiras, com uma zona para jogos de tabuleiro (também os há), é aqui que vai querer estar de manhã a encher-se da luz que entra das janelas ou ao fim da tarde, depois de um dia de passeios ou de praia. Já a sala de refeições fica numa espécie de telheiro, virado para o campo e uma zona onde vários animais se costumam encontrar para comer. Bichos comuns como burros e ovelhas, ou mais raros como avestruzes [a ligação de Baltasar ao negócio das avestruzes, e respectivos ovos, razão pela qual está aqui, ficará para outras núpcias]. É aqui que é servido o pequeno-almoço, uma completa mesa de queijos, carnes frias, ovos mexidos, frutas, compotas caseiras e bom pão, sempre a ser reposta ao longo da manhã.

O espaço exterior presta-se e longos passeios. Pode fazê-los de bicicleta, com aluguer ali mesmo (8€, 1 dia; 5€,  ½ dia), e ir pela estrada de terra até à de alcatrão e daí seguir junto ao mar, para o lado de Porto Covo; pode fazê-los a pé, com auxílio de Baltasar, que além de ser um conhecedor da região, até tem um mapa detalhado da zona pendurado numa das paredes da área comum, com os vários trilhos da Rota Vicentina – alguns deles acabados de estrear. Tudo para aproveitar com calma, como é regra no Alentejo.

By: Mariana Correia de Barros

Posted:

Venue name: Três Marias
Contact:
Address: Ribeira da Azenha
Vila Nova de Milfontes
7645-909
Static map showing venue location
LiveReviews|0
1 person listening